Como saber o dono de um domínio? E informações de contato.

Existem muitos motivos pelos quais queremos saber o dono de um domínio, seja por interesse em adquirir esse nome para sua marca, descobrir quem são as pessoas ou empresas por trás de um site de sucesso, ou até mesmo para conhecer a data de registro e as configurações de DNS associadas a ele.

Portanto, independentemente do motivo que levou você a buscar essa informação, neste artigo vamos explicar mais sobre o assunto e abordar todos os detalhes.

Qual a importância em ter um nome de domínio?

Um dos primeiros motivos é que todas as pessoas vão procurar por esse nome para encontrar o seu negócio na internet, mas esse não é o único. Quando falamos em nome de um domínio, estamos falando do branding da sua marca, então, está relacionado ao posicionamento que o seu negócio tem perante ao seu público-alvo. 

Além disso, reflete diretamente a sua autoridade em seu nicho, por esse motivo, é importante escolher bem o nome do seu domínio e a extensão, como (.com, .com.br, .net, .ag, .digital). 

Um outro fator é a relação de confiança que o seu público tem com a sua marca, isso pode fazer toda a diferença sobre o potencial de crescimento da sua empresa na internet. As pessoas se apegam a pequenos detalhes, que fazem com que eles queiram ou não se relacionar com o seu negócio. 

Nessa publicação vamos apresentar somente o básico, para que você possa entender que é preciso escolher bem o nome do seu registro na internet. Em uma publicação futura, vamos entrar em mais detalhes sobre branding, growth e como um nome de domínio e marca podem influenciar diretamente no seu negócio. 

O que é o Whois?

Se você quer saber quem é o dono de um domínio, essa é a principal ferramenta, o Whois. Trata-se de um sistema de consultas públicas que fornece informações sobre domínios registrados na internet, desde os seus nomes, os donos do domínio, servidores, datas de registro e informações de contato de quem fez o registro. 

Essa é uma ferramenta importante para a administração e gerenciamento de domínios na Internet. O Whois é a principal ferramenta usada para identificar as informações sobre um domínio, como o nome do proprietário, quem o registrou, a data em que foi feito, o vencimento, endereços de e-mail, números de telefone etc.

Onde faço a consulta do dono do domínio?

A ferramenta que você vai usar para consultar o nome do dono de domínio é o Whois. Existem vários sites na internet que disponibilizam essa ferramenta, para domínios nacionais vamos indicar o registo.br e, para os internacionais, https://godaddy.com/pt-br/whois.

Acessando o Whois no Registro.br

Para consultar nomes de domínios “.br” registrados na internet, utilize o Whois do Registro.BR.

  • Primeiro, acesse o site do Registro.br; 
  • No menu principal, localize o botão “Tecnologia”.
  • Depois clique em “Ferramentas”;
  • Uma nova página será aberta, localize o item 01;
  • Clique em “Serviço de diretório whois”;
  • Será aberta uma página com o campo de consulta;
  • Escreva o nome de domínio que deseja ter mais informações.

Acessando o Whois na GoDaddy

Siga o passo a passo de como consultar nomes de domínios registrados na internet usando o Whois no site https://godaddy.com/pt-br/.

  • Primeiro, acesse o site da Godady.com/pt-br; 
  • No menu principal, localize o botão “Domínios”.
  • Depois clique em “Encontre o proprietário de um domínio”;
  • Será aberta uma página com o Whois e um campo de consulta;
  • Escreva o nome de domínio que deseja ter mais informações.

Quais informações são apresentadas sobre o dono de um domínio?

Vamos usar dois exemplos para ilustrar como as informações são apresentadas sobre o dono de um domínio. No primeiro, vamos usar o Registro.BR com o domínio da Magalu, uma das maiores varejistas do Brasil. 

No segundo exemplo, vamos usar o site da GoDaddy com um domínio internacional, a empresa será a Apple

Quais informações são apresentadas sobre o dono de um domínio Brasileiro?

Ao fazer a consulta através da ferramenta Whois do Registro.BR no link: http://bit.ly/3LJQlLF. Temos as seguintes informações sendo apresentadas na tela. 

  • Titular: O nome da pessoa física ou empresa que registrou o domínio.
  • Documento: O número do CPF ou CNPJ responsável pelo registro.
  • Responsável: O nome da pessoa da empresa ou pessoa física responsável pelo registro.
  • País: Qual país aquele domínio pertence.
  • Contato do Titular: O cadastro e perfil do contato do titular. Para registrar um domínio é preciso ter um perfil com seus dados cadastrais. 
  • Contato do Técnico: O cadastro e perfil de quem é o responsável técnico por aquele registro.
  • Servidores de Nomes (DNS): Os servidores de nomes que estão autorizados a responder por esse domínio e direcionar o tráfego da Internet para o servidor web correspondente.
  • Status do Domínio: O status atual do domínio, que pode indicar se está ativo, pendente de renovação, em disputa, etc.
  • Criado: A data que esse domínio foi registrado pela primeira vez.

  • Expiração: A data em que esse domínio vai expirar antes da renovação.

Quais informações são apresentadas sobre o dono de um domínio Internacional?

Ao fazer a consulta através da ferramenta Whois da GoDaddy no link: https://bit.ly/3Psw0vu. Temos as seguintes informações sendo apresentadas na tela. 

Como podemos observar, é muito parecido com as informações exibidas no Registro BR, com o nome da empresa, data de criação, quando vai expirar, lista de servidores DNS, status do domínio etc. 

O que é o Registro.br

Segundo o próprio site da empresa, o Registro.br, faz parte do NIC.br (Núcleo de Informação e Coordenação do Ponto BR), e tem a responsabilidade de registrar e manter os nomes de domínio que utilizam a extensão “.br”. 

Além disso, também são responsáveis pela distribuição de endereços IPv4 e IPv6, bem como a atribuição de números de Sistemas Autônomos (ASN) no território nacional. A empresa foi fundada em 1995, é uma entidade sem fins lucrativos dedicada à coordenação da infraestrutura da Internet no Brasil. 

Durante sua história, desempenhou um papel extremamente importante para desenvolver a Internet no país, tornando mais acessível o registro de domínios e promovendo políticas inclusivas que incentivaram a utilização e popularização da internet no país.

Em 2010, iniciou o processo de implementação do IPv6, para enfrentar a escassez de endereços IPv4. Essa foi uma medida importante para garantir o crescimento contínuo da Internet no Brasil. 

E por último, a organização está envolvida em iniciativas para melhorar a segurança e a estabilidade da Internet no Brasil, promovendo a adoção de tecnologias avançadas e colaborando com organizações nacionais e internacionais para fortalecer a infraestrutura da Internet no país.

O que é a ICANN? Para que ela serve?

Já ensinamos através das ferramentas e sites mais usados para fazer a pesquisa de domínios na internet. Mas você pode fazer essa busca através da ICANN (Internet Corporation for Assigned Names and Numbers).

Essa organização é responsável por coordenar toda a infraestrutura global da internet, e desempenha um papel fundamental de governança, garantindo que o sistema de nomes de domínio (DNS) e os recursos numéricos, como endereços IP e protocolos, sejam atribuídos e operados de maneira estável e consistente em todo o mundo.

A organização tem uma ferramenta chamada ICANN Lookup, no qual é possível fazer a pesquisa de domínios, link para acesso: https://lookup.icann.org/en

A ferramenta é bastante objetiva, e na tela inicial você já tem um formulário no qual pode pesquisar o nome do domínio desejado. 

Fazendo a busca pelo domínio Apple.com como fizemos através do “Whois”, temos o seguinte resultado: 

Como é possível notar, é bastante semelhante aos resultados gerados pelo Registro.BR e a GoDaddy. 

Quem gerencia os domínios nacionais e internacionais? 

Os domínios da Internet são gerenciados por diferentes organizações, dependendo da extensão do domínio (TLD) em questão. 

TLD (Top-Level Domain ou domínio de nível superior) é a parte mais alta e genérica de um nome de domínio na hierarquia dos nomes de domínio da Internet. Em outras palavras, é a última parte do endereço do site que segue o último ponto. Os TLDs são usados para categorizar e classificar os domínios da Internet em diferentes grupos ou categorias.

Domínios de Código de País (ccTLDs)

Cada país pode ter uma organização ou entidade responsável por seu domínio de código de país (ccTLD). 

Por exemplo, o Registro.br gerencia os domínios “.br” para o Brasil, o CIRA (Canadian Internet Registration Authority) gerencia os domínios “.ca” para o Canadá, e assim por diante. Essas entidades são responsáveis por estabelecer e aplicar políticas relacionadas a seus respectivos ccTLDs.

ccTLD (Country Code Top-Level Domain) é a sigla que representa as extensões de domínio de código de país, como “.br” para o Brasil, usadas para identificar websites associados a países específicos.

Domínios de Nível Superior Genéricos (gTLDs)

Os domínios de nível superior genéricos, como “.com”, “.org” e “.net”, são gerenciados pela Internet Corporation for Assigned Names and Numbers (ICANN). 

A ICANN é uma organização internacional sem fins lucrativos responsável por coordenar a infraestrutura global de nomes de domínio, incluindo a atribuição de gTLDs a registradores e operadores de registros.

Os gTLDs (Generic Top-Level Domains) são extensões de domínio genéricas, como “.com”, “.org” e “.net”, que não estão vinculadas a países específicos e são usadas globalmente na Internet.

Novos gTLDs 

Com a introdução de novos gTLDs, como “.app”, “.blog” e “.guru”, a ICANN também é responsável por supervisionar a alocação e a gestão desses novos domínios, trabalhando com operadores de registros autorizados.

O que fazer caso eu me interesse por um domínio já registrado?

Aqui na agência já passamos por essa situação algumas vezes, a marca que foi desenvolvida para um produto, já tinha o domínio registrado. 

Em outros momentos, tivemos algumas ideias em reuniões com clientes de produtos ou serviços, e precisávamos confirmar se o domínio já havia sido registrado. Se você estiver interessado em um domínio na Internet e quiser pesquisar ou saber se já foi registrado por outra pessoa ou organização, siga estas etapas:

  • Verifique a disponibilidade do domínio: Primeiro, verifique se o domínio desejado está disponível, já mencionamos acima a ferramenta “Whois” para verificar a disponibilidade de um domínio nacional ou internacional.

  • Pesquise o histórico do Domínio: Utilize serviços de histórico de domínio para verificar o histórico de registro. Pode ser que ele já tenha sido registrado anteriormente, expirado e, em seguida, registrado novamente. Isso pode indicar se há uma chance de registrá-lo no futuro.

  • Entre em contato com o dono do domínio: Verifique as informações de contato no registro e tente entrar em contato com o proprietário atual. No entanto, muitos proprietários de domínios usam serviços de privacidade ou informações genéricas, o que pode dificultar o contato direto. Mas tenha uma abordagem educada para negociar uma possível transferência ou compra. 

  • Aguarde a Expiração: Se o domínio não estiver em uso ativo e o proprietário atual não planejar renová-lo, o domínio poderá ficar disponível após expirar. Nesse caso, monitore a data de vencimento e tente registrá-lo assim que estiver disponível.

  • Use Serviços de Compra de Domínio: Caso não queira fazer a negociação você mesmo, existem empresas especializadas em adquirir domínios já registrados. Eles podem atuar como intermediários e negociar a compra do domínio em seu nome. Isso pode envolver custos adicionais.

  • Verifique a Disponibilidade em Outras Extensões: Caso todas as possibilidades de compra do domínio desejado tenham se esgotado, verifique se ele está disponível em outras extensões, como: “.net”, “.org” etc. Isso pode oferecer novas alternativas para obter um domínio com o nome planejado.

  • Pensem em nomes alternativos: Por exemplo, se você estiver lançando uma startup e o nome principal já estiver registrado, pode considerar alternativas como usar o nome da startup seguido por um sufixo, por exemplo, https://startup-nome-adicional.com.br. Já realizamos essa estratégia na agência, e quando bem planejada, é muito aderente ao mercado.

Gostou do conteúdo?

Comente e compartilhe em suas redes. Se quiser ter mais informações sobre o universo do Marketing, Marketing Digital, Publicidade, Growth e Tech, visite os outros artigos do nosso Blog.

Artigos Recomendados

Deixe seu comentário

0 0 Votos
Article Rating
Se inscrever
Notify of
guest

0 Comentários
Feedbacks embutidos
Ver todos os comentários
Cadastre o seu e-mail em nosso newsletter

Assine nossa newsletter

Acompanhe todas novidades e conteúdos exclusivos sobre marketing, publicidade, digital, tecnologia e mundo corporativo.

    Suas informações de contato não serão divulgadas ou utilizadas para SPAM.
    ×
    Share via
    Copy link